jueves, 26 de febrero de 2015

LéRiA - Fago maravilhas coa boca (2014)




1. Fago maravilhas coa boca (Excentrica Lingua porca Mix)
2. Fago maravilhas coa boca (Lingua de gato agonizando)

Titulo: Fago maravilhas coa boca
Autor: LéRiA
Ano: 2014
Estilo: Electronica
EP/LP: EP
Audio: 320 Kbps
Tamaño Arquivo: 14 Mb

REINTEGRACIONISMO ERÓTICO
A lírica galega e o erotismo mantêm uma estreita e antiga relação. Esta cumplicidade remonta-se às cantigas de amigo, nas que as donzelas iam lavar as garcetas ao rio. Uma tradição secular recolhida hoje em Fago maravilhas coa boca.
Trata-se do novo single de LéRIA, que vem para resgatar o lirismo nacional do marasmo inane no que leva sumido desde a morte de Martim Códax.
Este novo lançamento reúne, assim, a milenária tradição da nossa língua com os mais trepidantes ritmos contemporâneos. O resultado som novas cimeiras do verso galaicocomum pareado porca/maçorca a ritmo engaiolante.
Com fotografia e desenho de mincinho, uma vez mais, este é o primeiro trabalho de LéRIA onde aparecem retratados os três integrantes do conjunto musical.
A cara A deste sexto single de LéRIA contém a versão Excêntrica Língua Porca, uma mixagem do tema no qual a eletrónica toma o mando e conduz a canção polos ritmos electrofunk mais sujos.
Língua de gato agoniante é a versão que ocupa a cara B do lançamento, onde a guitarra acada lugar preeminente, acompanhando uma ampla gama de efeitos vogais que outorgam uma faciana mais orgânica à canção.
Em qualquer das duas versões, Fago maravilhas coa boca anima a lhe dar à língua que nos une com 200 milhões de falantes de jeito lúbrico e compartido.
Fago maravilhas coa boca
vem e fai-nas ti também

viernes, 13 de febrero de 2015

LéRiA - Colombian High (2014)



1. Colombian High (A balada de Liliana e Matthew)
2. Colombian High (A balada de Liliana e Matthew) Acustica

Titulo:  Colombian High
Autor: LéRiA
Ano: 2014
Estilo: Electronica
EP/LP: EP
Audio: 320 Kbps
Tamaño Arquivo: 12 Mb

O amor é a droga, que cantava aquele. E é que não há cima mais alta cá que provoca uma dose de namoramento de alta pureza. Excitação, euforia e felicidade extrema, mas também ansiedade, temor e insónia: a injeção de Cupido pode levar-nos desde os mais outos cumes do prazer, até os infernos da dependência.
Cumprindo uma função de serviço público, LéRIA alertam no seu quinto single dos perigos do vício amoroso. E para que tão transcendente mensagem chegue o mais longe possível, o idioma escolhido desta vez é o inglês, a língua do império. Do grande, do de verdade.
Colombian High (balada de Liliana e Matthew) está baseado no namoramento real duma colombiana e mais um estadunidense. Tal inspiração deriva numa alegoria sobre as dependências, onde a relação vira insana e dá em desastre.
Tão agudo exercício lírico colocará o grupo galego, sem dúvida, no ponto de mira de FARC e paramilitares. Uma rara unanimidade que poderia significar a modesta (e póstuma?) contribuição de LéRIA ao processo de paz em Colômbia.
Colombian High está já disponível para a sua descarga gratuita em duas versões. Na cara A, a eletricidade sintetizada realça o dramatismo da letra. Na cara B, a versão acústica apresenta o assunto de jeito mais nu, acrescentando a sua crueza descarnada.
I dream of you in bright, shiny white
you're my Colombian High

lunes, 2 de febrero de 2015

Desequilibrio Mental – Seculos Escuros I (2015)






1. Paus e Pedras
2. Séculos Escuros
3. Puto Madero
4.Todo era mentira
5. Cultura de Verbena
Titulo: Seculos Escuros I
Autor: Desequilibrio Mental
Ano: 2015
Estilo: Metal
EP/LP: EP
Audio: 320 Kbps
Tamaño Arquivo: 53,4Mb
Séculos Escuros os que nos están obrigar a vivir.... esa é a tematica do novo traballo de Desequilibrio Mental, un traballo que será dividido en tres partes conectadas entre sí. O 2 de febreiro publicase Séculos Escuros I, o primeiro dos EP´s, que contará con 5 temas nos que veredes aos Deseqilibrio de sempre, cun son máis traballado e novos matices. O disco foi cociñado en Pousada Son xunto ao máster Iago Pico e conta coas colaboracións de Xan Pericán de Ruxe-Ruxe e DJ Mestre Pi. Do deseño encargáronse as Arinspunk.

jueves, 29 de enero de 2015

LéRiA - Bonito pero Nazi (2014)



1. Bonito pero Nazi
2. Bonito pero Nazi (parte II)

Titulo:  Bonito pero Nazi
Autor: LéRiA
Ano: 2014
Estilo: Electronica
EP/LP: EP
Audio: 320 Kbps
Tamaño Arquivo: 15 Mb

Que têm em comum as pirâmides, O trunfo da vontade, um Barça-Bayern, O nascimento duma nação e mais a Cidade da Cultura? Efectivamente, que são todas cousas moi bonitas, mas um chisco nazis.
Detrás dum bom partido de futebol sempre há balões cosidos por crianças e negócios sujos sem declarar. Os mais belos monumentos foram construídos com trabalho forçado. Ou com fundos malversados. As mais fermosas imagens em branco e negro têm servido para glorificar Hitler ou o Ku Klux Klan.
Isto é do que fala Bonito pero nazi, o quarto single de LéRIA e o primeiro com dupla cara A e mais uma colaboração estelar: a de Óscar Núñez Aguado, da banda Stromböpia. Na linha de ilustres artistas precedentes, como Quim Barreiros, Bertín Osborne, Brigitte Bardot ou Ezra Pound, LéRIA achegam-nos um exercício de beleza estética escorado a estibordo.
A guitarra convidada de Núñez reforça a contundência de Bonito pero nazi, a cara A do single. O resultado é uma brutal preciosidade, uma guapura besta. Um lindo nazismo, logo.
E na cara A', Bonito pero nazi (parte II) é a canção de LéRIA com um som mais limpo das editadas até hoje e, sem dúvida, a melhor cantada. Uma pungente guitarra e uma programação exacta acabam por conformar um fermoso conjunto ao que se opõe o nazismo que aporta o espanhol da letra. Porque Espanha é bonita, pero que lhe pedes...
Se não sabes por que o mundo não te satisfaz
lembra sempre que o bonito não quita do nazi


viernes, 23 de enero de 2015

LéRiA - Ulrike Meinhof (2014)



  1. Ulrike Meinhof, jornalista
  2. Ulrike Meinhof (à social-democracia por depeito)
Titulo:  Ulrike Meinho
Autor: LéRiA
Ano: 2014
Estilo: Electronica
EP/LP: EP
Audio: 320 Kbps
Tamaño Arquivo: 7 Mb
Levaria ração ou não, pero Ulrike Meinhof tinha-che um aquele. É mesmo assim. Queremos dizer com isto que justificamos o uso da violência popular revolucionária contra a opressão do capital? Bem, se por aqui houver liberdade de expressão, igual dizíamos outra cousa, mas, como não a há, a resposta é rotunda: depende.
Tinha uns beiços grossos para botar verdades e fazer maldades. Pois é. Queremos, assim, sexualizar Ulrike Meinhof para, deste jeito, cousifica-la coma objecto de desfrute do patriarcado pseudo-revolucionário, minimizando assim a sua achega teórica e prática à loita de classes contemporânea? Certamente, esta mulher deu-lhe um novo significado à palavra resistência, mas também é certo que, às vezes, levava a saia uma miga por riba do joelho. Algo que não consideramos em absoluto incompatível ou, ainda menos, contraditório co anterior.
O que queremos dizer realmente é quUlrike Meinhof  é o novo single de LéRIA.
Com desenho de mincinho, na sua cara A leva o tralhaço inclemente da guitarra de Joe Seilo em Ulrike Meinhof, jornalista. Um tema no que sensualidade e loita armada se colhem da mão ao ritmo que marca El Asco para que Severino Galante bote as suas pastranadas.
E, na cara B, Ulrike Meinhof (à social-democracia por depeito)alarido que narra uma traição à classe operária por puro rancor ciumento. Uma história que bem poderia ser a de Klaus Rainer Röhl, primeiro home de Ulrike Meinhof, a activista que
no olhar tinha, sim, tinha gana de LéRIA

jueves, 18 de diciembre de 2014

Esquios - Estamos aqui (2014)




1. Estamos aquí 
2. Incomunicado
3. Ghaivotos 
4. Cacique 
5. Linchar ao rendeiro 
6. A dama negra 
7. Impotencia 
8. Quero-té 
9. Rompe 
10.Outra vez 

Titulo: Estamos Aqui
Autor: Esquios
Ano: 2014
Estilo: Rock
EP/LP: LP
Audio: 256 Kbps
Tamaño Arquivo: 60,6 Mb 


Despois dun fatídico ano 2013 e da incorporación de tres novos compoñentes Esquíos volvemos co noso disco líricamente máis persoal e escuro, aínda que conservando picadas do noso habitual humor e ironía no que pode ser noso rexistro discográfico máis rotundo.
O disco gravouse en directo no estudio da Radio Galega seguindo as premisas baixo as que se xestaron os grandes discos dos setenta, dun xeito artesanal e sen utilizar ordenadores, capturando toda a maxia e a forza da banda ao vivo en dez temas cunha duración media máis elevada do habitual e que alternan a preponderancia de velocidade, agresividade, groove ou melodía.
Salientar que por primeira vez incluimos nun disco unha versión dun tema alleo, neste caso unha adaptación ao galego do “Let’s lynch the landlord” de Dead kennedys, traducida por nós coma “Linchar ao rendeiro”.
“Estamos aquí” é unha reafirmación de Esquíos como banda, como xeito de face-las cousas e como ideario vital que por suposto vai adicado a memoria de Miguel Angel Castro, Moro.


Gravado en directo no estudio de producción da Radio Galega.
Producido, mesturado e masterizado por Toño Vázquez.

Esquíos somos:

Jorge Rodríguez guitarra e coros
Jorge Iglesias batería e coros
Adrián Gañete "Patuco" voz
Xosé Maceira baixo e coros
Manuel F. Rodríguez guitarra e coros
credits
released 03 May 2014

Toda a música e letras por Jorge Rodríguez agás "Linchar ao rendeiro", adaptación dun tema de Dead Kennedys, "Outra vez", letra de Fosi Labazada e "A dama negra", letra de F. Javier Alvarez Escuredo.
Todos os temas arranxados por Esquíos.
Coros por Esquíos.
Coro e voces en "Ghaivotos" por Chicho Maneiro.


Se queres conseguir a edición física do disco podes mercalo en calquera dos nosos concertos ou pedilo a esquios@esquios.com por 10€, gastos de envío incluidos.

jueves, 11 de diciembre de 2014

Os Vacalouras . Eres punki i non o sabes (2014)



01. Desbrozadora 
02. Las gaviotas asesinas
03. Hoxe durmes co can
04. A señora Maruja

05. O show da bañeira

Titulo: Eres punki i non o sabes 
Autor: Os Vacalouras 
Ano: 2014
Estilo: Punk
EP/LP: EP 
Audio: 320 Kbps
Tamaño Arquivo: 72,5 Mb

 Os Vacalouras estan de volta con este novo EP no que seguen amosando o seu pataca´nroll, e que ti Eres punki i non o sabes .......